#Pracegover Na foto, pessoas em frente ao posto de saúde
Foto: Prefeitura Capivari de Baixo

A Prefeitura de Capivari de Baixo, por meio da Secretaria de Saúde e Vigilância Epidemiológica, destaca, nesta semana, o principal avanço nas idades em relação à vacinação contra a Covid-19 desde a fase de imunização dos idosos (60 anos ou mais). Nesta sexta-feira (9), das 16 às 20h, centenas de moradores na faixa etária dos 35 a 39 anos receberão a primeira dose ou a aplicação única da Janssen. É o maior grupo até agora, por isso é preciso uma logística bem organizada para que todos sejam protegidos com agilidade, mas respeitando os protocolos sanitários obrigatórios.

A ação terá um grande envolvimento de profissionais da saúde, que se empenham diuturnamente no combate à pandemia, que já tirou a vida de 70 capivarienses desde março de 2020. A vacinação ocorrerá na Estratégia Saúde da Família (ESF) Centro II, na rua João Ernesto Ramos, 110, ao lado da Rádio 102 FM (referência). É necessária a apresentação do cartão do SUS, RG e comprovante de residência.

“Pedimos que o público respeite o distanciamento social de 1,5 metro na fila, caso haja formação. O uso de máscara é essencial, além da higienização constante das mãos. Estamos chegando a uma fase crucial da campanha. Logo, alcançaremos a casa dos capivarienses de 30 a 34 anos e, assim, reduziremos as idades o mais rápido possível. Isso é uma vitória e resultado de muito empenho da equipe e do próprio prefeito Dr. Vicente Costa, que atua diariamente conosco nesta linha de frente e realiza também as cobranças devidas aos órgãos gestores das doses, como o Ministério da Saúde e Secretaria de Estado da Saúde”, explica a secretária da pasta no município, Andréa Paes.

O prefeito destaca que as aplicações das doses ocorrem assim que chegam ou poucos dias após o município ser sinalizado com novas remessas. “Daí, conseguimos organizar a melhor forma e mais ágil possível de divulgação, como neste grupo de cinco idades diferentes (35 a 39 anos). Além deste público-alvo, nesta semana faremos a imunização de trabalhadores da indústria de 30 a 34 anos e outros grupos prioritários, como as lactantes”, informa o gestor. “Nosso município conseguiu avançar consideravelmente na campanha contra a Covid. Não estamos disputando a liderança de qual cidade em Santa Catarina está à frente ou atrás neste processo. Nosso foco é simples, a favor da vacina e da vida”, defende Vicente.

A vice-prefeita Márcia Roberg Cargnin, agrega o discurso do gestor do Executivo capivariense e pede que a população não deixe a segunda dose para trás. “Sempre fomos um povo muito unido. Tenho certeza que nossa população irá demonstrar que aqui haverá pouca evasão no quesito da imunização complementar. Somente com as duas doses (dependendo do laboratório da fabricante) o efeito do remédio será realmente eficaz. Assim, conseguiremos proteger uns aos outros e vencer de vez esta pandemia”, orienta Márcia.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul