Foto: Arquivo pessoal/Reprodução ClicRDC

Em Chapecó, os corpos de dois bebês foram trocados na hora de serem liberados pelo Hospital Regional do Oeste (HRO) para o sepultamento. O caso aconteceu na segunda-feira e a troca só foi descoberta pelas famílias após um funcionário do hospital comunicar o fato.

De acordo como portal ClicRDC, um dos bebês era um menino que morreu no parto com a mãe, Márcia Cristina Cross, de 22 anos. A jovem estava grávida de oito meses, na madrugada de segunda-feira teve uma parada cardiorrespiratória e passou por um parto emergencial.

O corpo da mãe foi entregue à família junto com um caixão pequeno. Mas ninguém imaginava que ao invés do filho de Márcia, tinha uma menina no caixão. A troca só foi percebida porque um funcionário do hospital informou aos familiares.

Os corpos estavam sendo levados para Caxambu do Sul, onde seria o velório e sepultamento. Após a descoberta do erro foram levados de volta ao HRO, onde tudo foi resolvido e os corpos liberados para a família.

A assessoria de imprensa do HRO informou ao portal ClicRDC que foi instaurada uma sindicância interna para apurar os fatos.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul