Brasília (DF)

O corpo do ex-presidente e senador Itamar Franco será levado Hoje para Belo Horizonte (MG), onde terá um segundo velório, no Palácio da Liberdade, sede do governo mineiro. Após a cerimônia, seguirá para Contagem (MG), onde será cremado, conforme o desejo do ex-presidente.

As cinzas serão colocadas no túmulo de sua mãe. A presidência da república decretou luto oficial por sete dias.
Ontem, foi realizado um velório na câmara de vereadores de Juiz de Fora (MG). Até o fim do dia, cerca de 50 mil pessoas compareceram à despedida.
Estiveram no local o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o presidente do senado, José Sarney (PMDB), o vice-presidente, Michel Temer (PMDB), dentre outras autoridades.

“Itamar deixa um exemplo de dignidade e um exemplo de coerência ao longo da vida, tanto no meio administrativo como político. Ele foi o presidente de um dos atos mais importantes do país. Controlou a inflação, teve a coragem de lançar o Plano Real e manter o Brasil nos trilhos de uma boa economia”, lembrou Michel.

Vítima de leucemia
O senador e ex-presidente da república Itamar Franco (PPS) morreu na manhã de sábado, aos 81 anos, em São Paulo, vítima de leucemia. Ele estava internado no Hospital Israelita Albert Einstein desde o dia 21 de maio. Nos últimos dias, o ex-presidente apresentou um quadro de pneumonia grave e foi transferido para a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). Ele morreu por volta das 10h15min, vítima de um acidente vascular cerebral (AVC).

Trajetória política
Itamar Augusto Cautiero Franco, 81 anos, assumiu o comando do país em 1992, após o impeachment do então presidente Fernando Collor de Mello (PTB). Durante sua gestão, foi implantado o Plano Real, um conjunto de medidas que garantiu a estabilidade econômica e o controle da inflação no Brasil. Em 1998, Itamar venceu a eleição para o governo de Minas Gerais. Foi nomeado embaixador do Brasil na Itália, posto que ocupou até 2005. Em 2009, filiou-se ao PPS, partido pelo qual foi eleito senador em 2010. Mas o ingresso na carreira política foi em 1975, quando conquistou o primeiro mandato para o senado. Em sua carreira, foi eleito mais três vezes para o cargo – incluindo o atual mandato.

Zezé Perrela assumirá a vaga no senado
O ex-deputado federal e estadual e empresário José Perrella de Oliveira Costa, o Zezé Perrela (PDT-MG), assumirá a vaga de Itamar Franco no senado. Zezé também é presidente do Cruzeiro Esporte Clube, de Minas Gerais. O partido de Itamar, o PPS, ficou sem representação no senado. Com 55 anos, Perrella começou a sua trajetória política há pouco mais de uma década. Ele disputou três eleições para deputado federal, estadual e, por último, para senador, quando ficou em quarto lugar. No ano passado, concorreu como primeiro suplente de Itamar para o senado.