O filhote de boto-pescador (Tursiops truncatus) avistado morto esta semana em Laguna, e que ficou escoltado pela mãe mesmo sem vida, apareceu na faixa de areia. O animal foi encontrado na quinta-feira na praia da Ribanceira, em Imbituba, era um macho recém-nascido e estava em avançado estado de decomposição.

A equipe do Projeto de Monitoramento de Praias PMP-BS/UDESC conseguiu identificar, através do padrão de coloração, que se tratava do mesmo animal avistado na segunda-feira. Ele ainda apresentava vestígios do cordão umbilical e pregas neonatais que permitiram o reconhecimento.

O animal foi encaminhado para a Unidade de Estabilização de Fauna Marinha em Laguna. Ele vai passar por necropsia para coletar amostras e buscar informações sobre a causa da morte. Segundo o professor da Udesc Pedro Volkmer de Castilho, que coordena o PMP, esse é o 16º boto encontrado sem vida este ano no Estado, o nono entre os que residem em Laguna.