Tubarão

A Fundação Municipal de Saúde de Tubarão divulgou novo boletim sobre o coronavírus no município. O relatório desta terça-feira (12) informou que foram notificados 57 casos, destes 40 são monitorados e cinco descartados. De acordo com o diretor-presidente da fundação, Daisson Trevisol, há 12 casos suspeitos e destes dois confirmados em laboratório particular. 

Segundo Trevisol, como ação de contingencia o município adotará medidas como: a Policlínica Central de forma exclusiva, ficará aberta ao atendimento de casos, que aparentemente estão relacionados ao Coronavírus. O local ficará aberto durante a semana das 7 às 22h e nos finais de semana das 7 às 17h. “Criamos dois números oficiais da Fundação Municipal de Saúde, para orientações sobre o coronavírus (48) 3621 – 9618 e (48) 3621- 9619, que funcionará das 7h às 22h, todos os dias. Não é momento para pânico. Não podemos proliferar mensagens falsas ou que não sejam oficiais”, alerta o diretor-presidente.

Nesta terça-feira (17), a atualização do Ministério da Saúde registrou 291 casos, contra 234 identificados nesta segunda-feira. A maior diferença se deu nos casos suspeitos, que pularam de 2.064 para 8.819, quase quatro vezes. São Paulo segue liderando, com 164 casos. O estado vem seguido do Rio de Janeiro (33), Distrito Federal (22), Pernambuco (16) e Rio Grande do Sul (10). Também possuem casos Santa Catarina e Minas Gerais (sete), Goiás e Paraná (seis), Ceará (cinco), Sergipe e Mato Grosso do Sul (quatro), Bahia (três) e Amazonas, Rio Grande do Norte, Alagoas e Espírito Santo (um).

Do total, 57% são casos importados (aqueles contraídos fora do país), 32% são oriundos de transmissão local (adquiridos de pessoas que foram infectadas fora do país) e 12% são resultado de transmissão comunitária (quando as autoridades não conseguem identificar a cadeia de infecção e o primeiro paciente ou quando já ultrapassou a quinta geração da rede de contágio). Outros 2% ainda estão em investigação.