Duas reuniões ocorreram nesta sexta-feira (27) em busca de alternativas para as empresas que poderão ter dificuldades decorrentes do Covid-19. Ambas contaram com a participação da diretoria da Associação Empresarial de Tubarão (Acit). 

A primeira videoconferência contou com a participação presidente do BRDE, Marcelo Dutra, a segunda com o presidente do Badesc, Eduardo Machado. Elas foram articuladas pelo secretário de desenvolvimento sustentável do Estado, Lucas Esmeraldino. 

O Badesc já dispõe de recursos da ordem de R$ 50 milhões, que podem ser solicitados pelo site badesc.gov.br, com encaminhamento de documentos. Os juros mensais serão de 0,3% ao mês e a documentação passará por analisados. Vale ressaltar a necessidade de garantia real. 

Após aprovação da documentação e alienação do bem em cartório, o recurso é disponibilizado em média, num prazo de 5 dias. Além da perspectiva de ampliar-se o recurso para crédito, estuda-se a composição de um fundo de aval.