Depois de ser diagnosticada com o novo coronavírus, Ariene Wessler Sombrio (37 anos), de Braço do Norte, se manifestou em vídeo pedindo às pessoas que não saiam de casa, que se protejam e tomem cuidado para não infectar ninguém.

 

No vídeo, gravado nesta quinta-feira, Ariene diz que faz uma alerta sobre o que de fato é o novo coronavírus. Ela diz que a situação que o planeta passa é muita séria: “Não é uma gripe”.

 

No dia 16 de se março Ariene descobriu que tinha a doença. Desde então faz o tratamento e diz no vídeo que não se sente 100% curada. “Se demorasse mais alguns dias eu poderia estar entubada por causa dos meus problemas respiratórios”. Ariene tem asma e está entre os grupos de risco.

 

A ideia de fazer  o vídeo surgiu depois que o Governo anunciou que retomará as atividades econômicas ao londo desta segunda -feira (30). Ariene acredita que ainda é muito cedo.

 

“Sei que é difícil, principalmente para os empresários. Mas peço que prezem pela saúde dos nossos familiares”.

 

Ariene também é empresária e diz que sente na pele as dificuldades. ” Tomamos medidas para fazer a folha de pagamento, vamos ter que renegociar muita coisa. Quando voltar às atividades respeitem e fiquem em casa. Esse vírus é altamente contagioso”, disse no vídeo,

 

 

ALTO CONTÁGIO

O infectologista tubaronense Rogério Sobroza, afirma que o novo coronavírus tem um alto índice de contágio e muitas pessoas não têm sintomas. E o mais importante, Dr. Sobroza lembra que o coronavírus não é uma gripe:

 

“É um vírus respiratório e muito mais grave que a gripe. Por isso é importante que as pessoas tenham muito cuidado e redobrem os cuidados com a higiene”.

 

Assista ao vídeo completo aqui: