Florianópolis

Santa Catarina já soma 40 casos confirmados do novo coronavírus. A informação foi anunciada nesta sexta-feira à noite pelo governo do Estado em coletiva à imprensa. De acordo com o representante do executivo, a Secretária do Estado de Saúde investiga 361 casos suspeitos.   

Na coletiva realizada nesta sexta-feira pela manhã o número de casos confirmados era de 28 pessoas com a doença, mas à tarde os números aumentaram significativamente.  Na região, Tubarão é o município com o maior número de infectados com seis casos, seguido de Braço do Norte com quatro e Imbituba dois. Um morador de Gravatal testou positivo, no entanto, os exames foram realizados em São Paulo. O homem está internado no Hospital Sírio Libanês, na cidade paulista desde domingo.

De acordo com o governador, Carlos Moisés, as barreiras no Estado foi um ato responsável para evitar a proliferação do Covd-19 em Santa Catarina. “Estamos com as barreiras sanitárias. Não queremos a proliferação do Coronavírus em Santa Cataria e também não queremos nos demais Estados. Realizamos um ato de responsabilidade com o cidadão, não é um ato confortável, mas é uma medida necessária “, enfatiza.

O secretário da Fazenda, Paulo Eli, também participou da coletiva e destacou que inúmeras medidas têm sido tomadas em benefícios de todos no Estado. Segundo ele, estão suspensos os cortes de energia elétrica e de água. Além disso, há estudos para a postergação nos pagamentos de faturas destes serviços essenciais. No entanto, os resultados das negociações deverão ser conhecidos na próxima semana.

Moisés afirma a ação de isolamento social é para evitar novos casos de infecção nos próximos dias. “Se não promovermos o isolamento em 15 dias podemos ter 600 casos. O freio que o Estado promove é para ter mais segurança. O resultado final será visto em alguns meses. O movimento é adequado. Vamos enfrentar grandes dificuldades, haverá casos graves e obviamente que teremos óbitos, mas queremos minimizar os efeitos”, assegura.

Conforme o secretário de Estado da Saúde, Helton de Souza Zeferino, entre os hospitalizados estão quatro idosos e uma criança de cinco anos, porém o resultado do teste ainda não está pronto.  “Nossa orientação é para que as pessoas fiquem em casa. Não podemos ser células isoladas dentro de uma situação como essa. Vamos sair vitoriosos dessa batalha, que é a maior provação das últimas quatro décadas. Tenho certeza que o resultado será esplendoroso”, afirma.

Desde a publicação do decreto no início da semana, foram feitas 5.102 intervenções pela polícia durante fiscalização do cumprimento das novas regras, gerando 517 ocorrências e 479 notificações. No total, foram 38 interdições em estabelecimentos e 68 termos circunstanciados foram assinados. Além do governador Carlos Moisés (PSL), e dos secretários da Saúde, Helton Zeferino, da Fazenda, Paulo Eli,  o secretário de Desenvolvimento Econômico, Lucas Esmeraldino também participou da coletiva.

Lista de casos confirmados no Estado

Florianópolis – 10; Balneário Camboriú – 4; Braço do Norte – 4; Chapecó -1; Criciúma -3; Imbituba – 2; Itajaí – 1; Jaraguá do Sul -1; Joinville – 3; Navegantes – 1; Pomerode – 1; Rancho Queimado – 2; São José – 1; Tubarão – 6.