O Governo do Estado orienta os catarinenses sobre como obter o auxílio emergencial de R$ 600 do Governo Federal. O benefício financeiro será pago por três meses às pessoas em situação mais vulnerável durante a pandemia de Covid-19.

Veja quem têm direito ao benefício:

-Microempreendedores Individuais (MEI);
-Contribuintes individuais do INSS;
-Autônomos e trabalhadores informais que não recebem nenhum outro benefício do governo federal;
-Quem faz parte do Cadastro Único
-Beneficiários do Bolsa Família
-Para ter direito ao auxílio também é preciso ter mais de 18 anos, não ter emprego formal, ser de família com renda mensal per capita de até meio salário mínimo (R$522,50) ou renda familiar mensal total de até três salários mínimos (R$ 3.135). Além disso, o benefício não é válido para pessoas que tenham tido rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2018.

Como se inscrever para receber o auxílio?
Quem cumpre os critérios e faz parte do Cadastro Único receberá o auxílio automaticamente.

Quem recebe o Bolsa Família também não precisa de inscrever e receberá o benefício automaticamente, desde que o valor seja mais vantajoso do que o recebido pelo Programa do Governo Federal.

Quem não faz parte do Cadastro nem recebe o Bolsa Família precisa se cadastrar no aplicativo disponível para Android e iOS ou no site auxilio.caixa.gov.br disponibilizado pela Caixa Econômica Federal (CEF). Não é preciso ter crédito no celular para baixar e usar os aplicativos.

A CEF também disponibilizou o telefone 111 para tirar dúvidas e lembra que as pessoas não devem ir aos bancos e lotéricas para realizar o cadastramento.

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil