O ator Eduardo Galvão, de 58 anos, veio a óbito na noite desta segunda-feira (7). Ele estava com coronavírus e não resistiu as complicações do quadro. Amigos e familiares informaram sobre seu falecimento nas redes sociais.

Galvão havia sido internado no final do mês de novembro em um hospital no Rio de Janeiro. Lá seguiu para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) após ser diagnosticado com 50% dos pulmões comprometidos. Há dois dias, a Mariana Galvão, filha do ator, chegou a afirmar que ele havia apresentado melhoras.

O ator participou de dezenas de novelas ao longo de sua carreira. Estreou na televisão como o Régis de ‘O Salvador da Pátria’ em 1989 da Globo. Ainda na emissora participou de novelas como ‘A Viagem’ em 1994, ‘Porto dos Milagres’ em 2001, ‘O Beijo do Vampiro’ em 2002 e ‘Paraíso Tropical’ em 2007.

Seu último trabalho na televisão foi em ‘Bom Sucesso’, em 2019. Eduardo também fez sucesso em seriados como ‘Caça Talentos’ em 1996, ao lado de Angélica que lamentou o falecimento do amigo nas redes sociais.

“Era sempre tão bom te encontrar, você foi um presente lindo que a fada Bela me deu. Uma parceria linda, mágica. Artur e fada Bela, eu e você. Obrigada por sua amizade, por ser esse cara tão especial no meu coração e no coração de tanta gente”, publicou.

Eduardo Galvão deixa Mariana, filha única, e uma neta, Lara, de um ano.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul