Convênio com o estado, para a continuidade das obras do Hospital Regional do Vale, foi assinado ontem à tarde, em Florianópolis  -  Foto:Arilson Machado/Divulgação/Notisul
Convênio com o estado, para a continuidade das obras do Hospital Regional do Vale, foi assinado ontem à tarde, em Florianópolis - Foto:Arilson Machado/Divulgação/Notisul

Zahyra Mattar
Braço do Norte

 
O esperado convênio para a continuidade das obras de construção do Hospital Regional do Vale, em Braço do Norte, está firmado. A assinatura ocorreu ontem, em Florianópolis. O estado repassará, em parcelas mensais, R$ 1,2 milhão à instituição.
 
“Este é mais um passo para concretizarmos uma das maiores obras no setor da saúde na região. Será o suficiente para que os trabalhos ocorram ininterruptamente até o fim do ano”, valoriza o secretário de desenvolvimento regional em Braço do Norte, Gelson Luiz Padilha (PSDB).
 
As obras iniciaram no dia 23 de fevereiro deste ano, com recursos na ordem de R$ 1 milhão que o Hospital Santa Teresinha (HST) tinha em caixa reservado para isso. A partir de novembro, Padilha antecipa que irá, juntamente com a diretoria do HST, buscar apoio financeiro junto ao governo federal, prefeituras e iniciativa privada.
 
O prédio é construído em um terreno de dois hectares, próximo à SC-438, no bairro Rio Bonito. A obra é avaliada em R$ 28,8 milhões. Somente para a primeira etapa, são necessários R$ 15 milhões. Com esta fase completa, a atual estrutura do HST – hoje no Centro – poderá ser transferida para a nova unidade.
 
Assim, será possível efetuar a venda do prédio antigo (avaliado em R$ 5 milhões). O dinheiro será aplicado no início da segunda etapa. O restante – algo em torno de R$ 8,8 milhões – será buscado junto a outras esferas.