Amanda Menger
Tubarão

Depois de muitas especulações sobre qual das duas chapas (PSDB/PP e PMDB/DEM) o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) de Tubarão decidiria, finalmente o martelo foi batido na convenção, realizada na noite desta sexta-feira: a coligação será com PSDB e PP.
“Ouvimos os dois grupos e, entre os filiados, decidimos por uma afinidade de propostas. Acreditamos que o projeto de futuro para a cidade pensado pela dupla Manoel Bertoncini e Felippe Luiz Collaço é a melhor para Tubarão e também para o próprio PTB”, justifica o presidente do PTB em Tubarão, Fabiano Bitencourt.

Com esta definição, a coligação na majoritária é composta por PSDB, PP, PTB e PPS. Já na proporcional, ainda há possibilidades e as negociações serão mantidas neste fim de semana. “Temos ainda algum tempo para decidir. A tendência é confirmar um ‘frentão’ de partidos médios e pequenos. Vamos nos reunir durante o sábado com representantes de algumas siglas e no domingo os pré-candidatos a vereadores se reunirão para decidir”, revela Fabiano.

O “frentão” deverá ser formado por PTB, PPS, PDT, PR e/ou PHS. “Podemos fechar com quatro ou cinco partidos. Isso dependerá das conversas. Temos cinco pré-candidatos a vereador e poderemos repensar algumas candidaturas conforme a definição dos outros componentes da coligação proporcional”, adianta o presidente do PTB. A intenção do partido é conquistar ao menos uma vaga na câmara de vereadores.
A expectativa é que o PSDB, por sua vez, saia sozinho na proporcional, ou mesmo feche com um partido menor. O PP poderá seguir a mesma linha do PSDB.

Visita
Assim como ocorreu nas convenções realizadas na noite de quinta-feira (PSDB, PP e PPS), os pré-candidatos a prefeito, Manoel Bertoncini, e a vice, Felippe Luiz Collaço, participaram do fim da convenção do PTB. “Estou muito contente com a definição do partido pela nossa coligação. Tenho certeza que não se arrependerão, porque o nosso projeto é muito bom e prevê um futuro ótimo para Tubarão”, afirma Bertoncini.