Com a volta gradativa das atividades, a mudança no clima e aproximação do que os especialistas chamam de pico de infecções pelo coronavírus, a Associação Feminina de Assistência Social de Criciúma (Afasc) mais uma vez se engaja e prioriza a solidariedade! Em parceria com o governo municipal, trabalham na confecção de jalecos para profissionais da saúde e máscaras para trabalhadores da prefeitura e a comunidade.

Nessa primeira etapa, serão produzidas 15 mil peças. Para isso, uma confecção foi montada no Centro de Convivência da Terceira Idade (CCTI), para corte, costura, acabamento, recebimento de insumos e entrega dos materiais. A ação, encabeçada pela primeira e vice-damas do município, Adriana Salvaro e Robinalva Ferreira, é realizada em parceria com empresas de confecções da região e a equipe do serviço do idoso da Afasc, sob a coordenação de Daniel Cipriano.

Os trabalhos iniciaram nesta segunda-feira (6). “Contra o inimigo, a solidariedade se torna a melhor arma. Contamos com a colaboração voluntária da equipe do serviço do idoso, cada um ajuda como pode, corta, costura, arremata. Estamos em guerra e vamos vencer”.