Andréa Raupp Alves
Tubarão

O projeto da escola profissionalizante do Sindicato da Indústria da Construção Civil de Tubarão (Sinduscon) será lançado no dia 29 deste mês em Tubarão. O objetivo é construir um prédio junto ao do novo Senai. Conforme o presidente da entidade, José Silvio Ghisi, a escola especializará a mão-de-obra voltada para a construção civil.

“Atualmente estamos com sérios problemas neste sentido. A maioria das empresas precisam buscar pessoal em outras regiões, como Laguna, Imbituba, Braço do Norte, Ceará e Bahia. Só na minha empresa (a Construtora Camilo e Ghisi), contamos com aproximadamente 20 peões de outras cidades e regiões”, argumenta Silvio.
Dez cidades de Santa Catarina receberão esta escola profissionalizante, ligada ao Sinduscon de cada município referente.

“Esta edificação será modelo para todas as dez unidades em Santa Catarina”, adianta Silvio. Serão oferecidos cursos de pedreiro, carpinteiro, elétrica e mecânica hidráulica, entre outros. Não há uma data específica para começar os trabalhos de construção da escola. “A meta é alavancar o projeto ainda este ano”, torce o presidente do Sinduscon.