O sistema imunológico é o responsável pela proteção do nosso organismo contra as doenças. Trata-se de uma barreira formada por milhões de células de diferentes tipos e com diversas funções. Entre elas, estão os anticorpos, organismos responsáveis por eliminar a ameaça causada por invasores externos como vírus, bactérias, protozoários, fungos e até agentes químicos, como venenos. Quando alguma parte desse sistema começa a falhar, os anticorpos não são mais produzidos na quantidade certa ou se tornam incapazes de nos proteger corretamente. Por isso, o corpo fica vulnerável a uma série de doenças.

Alguns dos sinais de que a imunidade não vai bem são herpes, queda de cabelo, unhas fracas, resfriados, candidíase – nas mulheres – e, principalmente, infecções. “Não há regra nos sintomas. Eles vão depender do órgão que estiver mais sensível: se forem as vias respiratórias podem aparecer resfriados e gripes”, afirma o médico Renato Kfouri, membro da Academia Brasileira de Imunologia.

Quando algumas dessas coisas começarem a aparecer, é hora de prestar atenção no que pode estar causando as brechas na imunidade. Mas, afinal, como fortalecer o sistema imunológico para evitar esses problemas? Para ter uma imunidade de ferro é preciso dormir bem, manter conexões sociais, não exagerar no álcool, fazer exercícios, evitar o stress e alimentar-se bem.

Ter uma alimentação balanceada, rica em nutrientes e minerais é essencial para o bom funcionamento do nosso corpo e para a manutenção do sistema imunológico. Afinal, nosso corpo precisa de energia para alimentar suas defesas imunológicas. Diante disso, a rede americana CNN listou oito alimentos que podem ajudar a turbinar a sua imunidade.

 Oito alimentos que ajudam a turbinar a imunidade

1. Canja de galinha

Uma boa canja de galinha não é bom só para aquecer a alma. De acordo com Alissa Rumsey, porta-voz da Academia de Nutrição e Dietética dos Estados Unidos, em entrevista à CNN, pesquisas mostraram que a canja de galinha ajuda a impedir que as células brancas inflamatórias se movam para outras partes do corpo, o que pode pode diminuir os sintomas do resfriado.  O caldo do osso na canja contém colágeno, que pode ajudar a impulsionar o seu sistema imunológico, além de aminoácidos e nutrientes que ajudam a prevenir a inflamação. “Acredita-se que a capacidade da canja combater doenças está relacionada com a cisteína, um aminoácido liberado pelo frango durante o cozimento.O líquido quente na sopa também ajuda a pessoa se manter hidratada.”, afirmou Alissa.

2. Iogurte

O Iogurte é uma fonte natural de probióticos, também conhecido como “bactérias boas” que vivem em nosso intestino. Estudos associaram uma boa saúde intestinal à um aumento da imunidade, melhor sono, boa digestão, entre outros. “Os probióticos encontrados no iogurte ajudam a manter nosso trato intestinal livre de bactérias e germes que causam doenças. Estudos também descobriram que o aumento da ingestão de iogurte pode melhorar a resposta imunológica do nosso corpo.”, explicou Alissa.  A especialista recomenda a ingestão de iogurtes com  “culturas vivas e ativas” e pede para evitar variedades fortemente adoçadas. Caso você não seja muito fã de iogurte ou laticínios, você pode consumir outras fontes naturais de probióticos, como kefir (fermentação do leite), kimchi (vegetais fermentados) e chucrute (repolho fermentado).

3. Peixes gordurosos

Peixes gordurosos como salmão e atum são ricos em ômega-3, uma gordura cujos benefícios para a saúde já foram apontados por diversos estudos. A substância já foi relacionada à uma boa saúde cardiovascular e cerebral. Segundo Maxine Yeung, nutricionista e fundadora do site The Wellness Whisk, o ômega-3 também ajuda a controlar as inflamações no corpo. Para a boa manutenção do corpo, é preciso consumir esses alimentos de forma regular. “Uma inflamação crônica pode enfraquecer e perturbar o funcionamento do sistema imunológico”, explica Maxine.

4. Alho

Boa notícia para as pessoas que não resistem a um bom pão de alho ou um macarrão alho e óleo. Além de se deliciarem com esses alimentos, vocês também estão contribuindo para a boa manutenção do seu sistema imunológico. Isso porque, de acordo com Maxine, o alho contém uma substância chamada alicina, que combate bactérias e infecções. “Um estudo mostrou que pessoas que comem alho diariamente tinham menos probabilidade de ficarem doentes”, disse a nutricionista.  

5. Alimentos ricos em zinco

Outros aliados da imunidade são os alimentos ricos em zinco, como ostra, carne vermelha, ovo, cereal fortificado, feijão e semente de abóbora. “Estudos mostram que o zinco pode ajudar a reduzir a duração dos resfriados. O nutriente também ajuda a regular o sistema imunológico, construir e manter a massa magra do corpo e curar feridas.”, afirma Maxine.

6. Cúrcuma

A cúrcuma ou açafrão-da-terra, planta cujo pó é geralmente usado como tempero, foi popularizada pela natureba Bela Gil – uma das polêmicas envolvendo a nutricionista surgiu após Bela contar que substituía a pasta de dente por cúrcuma – também é considerada um super alimento. A planta é rica em antioxidantes e possui fortes propriedades anti-inflamatórias. Inclusive, alguns estudos sugerem que essas qualidades fazem da cúrcuma uma forte defesa contra grupes, resfriados e congestão nasal. Algumas sugestões de consumo é utilizá-la como tempero em carnes e grãos ou ainda em uma bebida de origem indiana chamada leite dourado, que além de ajudar na imunidade, ativa o metabolismo.

7. Frutas e vegetais

É claro que as frutas e vegetais não poderiam ficar de fora da lista de alimentos amigos do sistema imunológico. Riscos em vitaminas e nutrientes, esses são alimentos-chave para a manutenção de uma imunidade forte. As vitaminas A, encontrada na cenoura, em verduras de cor verde escura e na batata doce; C, encontrada em frutas cítricas, tomate e pimentões; e a E, presente em verduras de cor verde escura, abóbora e abacate, quando combinadas com uma ingestão adequada de proteínas, alimentam a imunidade. 

8. Muito líquido

Ingerir muitos líquidos também é essencial para o bom funcionamento do corpo e, portanto, para a manutenção de um forte sistema imunológico. No entanto, nem todas as bebidas são adequadas. Líquidos adoçados, como bebidas esportivas e sucos não são recomendados, já que o excesso de açúcar contribui para a inflamação do corpo, o que, por sua vez, enfraquece o sistema imunológico. “Beber um chá quente é uma ótima forma de se manter hidratado, além da bebida fornecer calor e conforto a uma garganta irritada e inflamada e ajudar a aliviar o congestionamento [caso você já esteja doente]”, recomenda Maxine.