Um congressista americano quer aprovar um projeto de lei que exige que todos os artistas que queiram entrar nos Estados Unidos a trabalho façam exame antidoping. Ele argumenta que 80% dos artistas estrangeiros que entram no país consomem algum tipo de droga, e farão uso dela também em território americano.

A publicação conta que, desde que foram divulgadas as intenções do político, as linhas telefônicas dos escritórios dos consulados no México ficaram congestionadas. Parece que, depois da prisão do cantor e ator mexicano Pablo Montero, em Miami (EUA), por posse de cocaína, muitos artistas estrangeiros não querem mais ser apreendidos com drogas nos Estados Unidos.

Montero só não foi preso novamente porque se comprometeu a seguir um programa de reabilitação pelos próximos seis meses, admitindo que é consumidor de drogas.