Zahyra Mattar
Capivari de Baixo

Os aprovados no concurso público da prefeitura de Capivari de Baixo apresentarão um requerimento, nesta segunda-feira, às 9 horas, ao prefeito Luiz Carlos Brunel Alves (PMDB), para que ele os chame a fim de integrar o quadro pessoal do executivo. O encontro será no Centro de Assistência Social (Cras). No ano passado, a prefeitura abriu um processo seletivo para 26 cargos. Ao todo foram 93 vagas. Até agora, ninguém foi chamado. “Reunimos mais de 50 pessoas que fizeram e passaram no concurso para pleitear esta oportunidade. Soubemos que a prefeitura começou a contratação de profissionais em caráter temporário. Poderiam nos chamar. Temos o direito de ser efetivados”, analisa Douglas Martins Antunes, aprovado para integrar a Guarda Municipal.

Como existia a informação de que o resultado do concurso era contestado judicialmente, o grupo contratou duas advogadas: Tatiana Petrov e Francieli Minusso. Elas verificaram que não há impedimento legal. “Como existem muitas dúvidas, sugerimos ao grupo que tente o diálogo. Eles apresentarão um documento formal ao prefeito. Ele terá cinco dias para responder, por escrito, suas argumentações”, explica a advogada Tatiana.

Brunel adianta que receberá o grupo, mas não tem conhecimento de como está a questão. “Assumi há 15 dias e não estou inteirado de todos os assuntos. Não consigo trabalhar assim. Preciso analisar a questão. Mas minha administração está aberta ao diálogo e conversarei com o grupo. Porém, esta questão deve ser tratada com o nosso departamento jurídico”, explana.