Concessão de crediário exige precaução

Se existiam regras apertadas na liberação de crédito, a recomendação é que, nada mais seguro em relação a atual situação, é manter normas mais rígidas.

O total de inadimplentes no Brasil diminuiu em agosto deste ano em comparação ao mesmo período de 2019. De acordo com levantamento da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do SPC Brasil, o número de pessoas com contas em atraso teve queda de 1,5%.

Nesta situação, se pode contextualizar a inadimplência em relação a pandemia da Covid-19. No caso de Tubarão, como em todo o Brasil, foram registrados desempregos, afastamentos temporários e corte de salários. Mas, em contrapartida, o que se percebe, na avaliação do presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Rafael Gomes Silvério, é uma reação muito boa na área de prestação de serviços.

Diante disto, a constatação é de que, logo, este prestador de serviços estará com sua capacidade financeira recuperada e com poder de compra. Isto vai refletir diretamente no comércio, fortalecendo o emprego e renda.

Em relação ao crédito, é preciso manter precaução. Mesmo diante desta reação, muitas pessoas ainda não se recuperaram financeiramente. Então, orienta a CDL, que todo cuidado é pouco neste momento em relação a liberação de crédito. Mesmo diante da reação positiva dos consumidores em irem às compras, o momento ainda não está bem consolidado.

Se existiam regras apertadas na liberação de crédiário, a recomendação é de que, nada mais seguro em relação a atual situação, é manter normas mais rígidas para conceder o benefício. Muitos lojistas mantinham uma prática de vender por indicação de um cliente, vendiam até pelo olhar ou pelo carrão estacionado na frente da loja. “Hoje não há mais como tomar uma decisão de liberação baseado nestes critérios sem fazer uma consulta ao SPC”, ressalta Rafael.

 

FERRAMENTAS
A CDL Tubarão oferece aos lojistas importantes ferramentas de avaliação de crédito. São disponibilizadas consultas ao SPC e ao Serasa, abrangendo todo o território brasileiro, tanto para pessoa física e jurídica. Além disso, se a pessoa ficar inadimplente, dá para registrar no SPC do Brasil inteiro e incluir o devedor em todos os cartórios.

A CDL também disponibiliza um sistema próprio de cobrança dos devedores. O sistema de negativação de devedores é uma ferramenta de cobrança indispensável para o recebimento dos créditos. O cliente inadimplente pode ser cadastrado no sistema e assim o devedor estará no banco de dados nacional.

A negativação de devedores é destinada a todas as empresas que possuem carteira de clientes inadimplentes e queiram usar esta ferramenta junto a CDL Tubarão para aumentar suas chances de recebimento. Mas a orientação é de que, antes de negativar um cliente inadimplente, vale propor uma negociação.

O procedimento é legal e respaldado pelo Código de Defesa do Consumidor.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul