Wagner da Silva
Grão-Pará

Deve ser concretizada esta semana pela prefeitura de Grão-Pará a compra do prédio onde hoje funcionam as secretarias de saúde e assistência social, além do Conselho Tutelar e os três ESFs do município. A construção tem 600 metros quadrados e área total de 1,4 mil.

O imóvel foi dado pela Fundação Médico Hospital do Trabalhador Rural de Grão-Pará como garantia da quitação das dívidas trabalhistas que possuía antes de decretar falência, no início da década. O projeto para compra, orçado em R$ 370 mil, foi aprovado em novembro de 2009 pelo conselho de desenvolvimento regional.

Na última semana, a prefeitura recebeu confirmação do depósito de R$ 259 mil feito pelo governo do estado. A contrapartida será de R$ 111 mil.

A área estava em leilão, suspenso após a administração sinalizar o interesse. Agora, a prefeitura tentará parcelar a dívida. “O leilão estava marcado, mas conversamos com o juiz sobre a aquisição. Apesar do valor ser um pouco alto para um município pequeno, encontraremos uma forma de concretizar a compra”, afirma o secretário da saúde e vice-prefeito, Estevão Ghizoni (PMDB).

Assim que for concretizado o negócio, o prédio deve ser reformado. “São salas pequenas que não comportam a demanda. Vamos reformar a estrutura para atender melhor as pessoas”, acrescenta Estevão.