Braço do Norte

A construção da sede da Companhia da Polícia Militar de Braço do Norte é uma das principais reivindicações da área de segurança pública da região do Vale. Os trabalhos seguem em ritmo acelerado. A obra começou há cerca de um mês e já está com as sapatas prontas. A previsão é que o prédio seja inaugurado no segundo semestre deste ano.

Segundo o gerente de infraestrutura da secretaria de desenvolvimento regional de Braço do Norte, Richard Botega, a obra, cuja ordem de serviço foi assinada no dia 3 de fevereiro, está dentro do cronograma.
A sede da Companhia da Polícia Militar de Braço do Norte concentrará os trabalhos policiais de nove municípios: Braço do Norte, Armazém, Grão-Pará, Rio Fortuna, São Ludgero, São Martinho, Santa Rosa de Lima, Gravatal e Orleans. O investimento do governo do estado será de R$ 419 mil.

O terreno para a construção da companhia foi doado ao estado pelo casal Dalésio Della Giustina e Maria Lucilia Uliano Della Giustina. A companhia foi criada em 2003, é a terceira ligada ao 5º Batalhão de Polícia Militar de Tubarão. O atual comandante é o tenente-coronel Silvio Ricardo Alves.