Escrever não é um dom, é uma prática, a qual aperfeiçoada, pode render ótimos frutos para todos. Se você precisa saber o que é um texto narrativo e conhecer exemplos desse gênero textual, está no lugar certo!

 

O que são textos narrativos?

São textos que procuram contar uma história a partir da decorrência de fatos ficcionais ou não ficcionais. Eles não possuem estrutura metrificada, como a poesia, mas seguem o estilo do que será narrado. A crônica é um exemplo de narração não fictícia, pois esse tipo de texto procura contar fatos reais do cotidiano e de forma sintética.

Textos ficcionais, tais quais, a fábula, a novela, o romance, o conto e o microconto seguem uma estrutura mais livre de narração, pois podem criar fatos e situações que prendem o leitor. Há textos com um teor mais formal, como o ensaio por exemplo, para ele é preciso que o autor narre os fatos com uma opinião crítica e escreva sua própria opinião sobre o tema.

Nessa brecha, também podemos falar da diferença entre textos narrativos descritivos e narrativos dissertativos (argumentativos ou não). A descrição de uma história figura em apresentar dados que criam um ambiente na mente do leitor, sempre com a voz do narrador e algumas vezes, dos personagens. Também descrevem:

• Composição física e forma de pensar/agir dos personagens;
• Período e local em que se passa a trama;
• Mensagem sobre a moral, comportamento;
• Lapsos de tempo na história;
• Monólogos (falas do personagem consigo mesmo).

Já nas dissertações, a principal diferença reside no uso da 3ª pessoa, o que transforma a perspectiva sobre o fato narrado ao retirar a figura do narrador presente na história naquele momento. O texto dissertativo também pode tratar de assuntos que não precisem de opinião do autor, como: economia, política, saúde, entretenimento, esportes, etc.

Sem contar que ainda pode ser argumentativo, que são os textos no estilo do ENEM e de vários outros vestibulares. A descrição de fatos é feita pelo autor, sem emissão de opinião, em 3ª pessoa do plural e geralmente propõe pontos críticos que devem ser solucionados ou amenizados com propostas para o Governo, a sociedade civil, as empresas, entre outros.

 

Exemplos e dicas de textos narrativos

Para você se inspirar quando estiver escrevendo aquela fan-fiction, a crônica da escola ou até mesmo uma redação para o ENEM, trazemos alguns exemplos e dicas de textos.

1. Narração ficcional descritiva: fan-fiction, conto, fábula, novela.
1.1. Para textos menos formais, a dica é usar a criatividade e fazer uma ficha com os dados dos personagens e situações que podem ocorrer, detalhes meticulosos sobre cada local e momento da trama, de forma que os fatos se interliguem.

1.2. Ex: Ana – 21 anos – estudante da Escola de Graduação em Habilidades Extra
1.3. João – 22 anos – novo bolsista integrante da escola que tem interesse por Ana mas no passado se interessou por Julia que estuda na mesma escola e é melhor amiga de Ana

2. Narração não-ficcional descritiva: crônica.
2.1. Você pode buscar inspiração em Machado de Assis, Rubem Braga, Carlos Heitor Cony e Clarice Lispector, renomados escritores brasileiros.
2.2. O uso de uma linguagem simples e cotidiana e textos com até 5 páginas funcionam melhor. A crônica jornalística, no entanto, requer textos de meia lauda.
2.3. Ter poucos personagens, se houver, e um espaço reduzido ajudam a estudar melhor a situação.

3. Narração ficcional dissertativa: miniconto.
3.1. Os filhos devem ter ouvido de Antônia que o pai mandaria um avião azul para buscá-los. Olharam um tempão para o céu, depois as cabeças foram abaixando. E a seca brotou nos olhos deles, a vaga de não ter mais que esperar.
Avião azul – Ana Luiza Serra

4. Narração não-ficcional dissertativa argumentativa: redação de prova de vestibular.
As provas de vestibular requerem concisão e clareza para apresentar os fatos e ainda ser imparcial. Deve ser estruturado em parágrafos entre 5 e 7 linhas, com introdução, desenvolvimento e conclusão, além de apresentar conectivos e dados seguros, que possam ser facilmente comprovados por uma maioria. Ex.: o Brasil ter se tornado mais democrático após as mulheres conquistarem o direito ao voto.

5. Narração não-ficcional dissertativa não-argumentativa: bula de remédio.
5.1. Numa bula de remédio o objetivo é focar na descrição do produto e explorar por seções quais os efeitos colaterais e a prescrição para o uso.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul