#Pracegover Foto: na imagem há um homem, um estetoscópio, uma mesa e uma cadeira
#Pracegover Foto: na imagem há um homem, um estetoscópio, uma mesa e uma cadeira

Para destacar a importância e orientar sobre os cuidados com os rins, 11 de março é a data anualmente definida para essa atenção. Órgãos de muitas funções, responsáveis por filtrar o sangue e produzir a urina. Mas, qual a importância de mantê-los em correto funcionamento?

“Comparamos o funcionamento dos nossos rins com o trabalho dos caminhões de lixo. Profissionais que passam periodicamente pelas ruas coletando o nosso lixo. E, se eles não mais recolhessem os resíduos? A resposta é que nossa cidade ficaria entulhada de sujeiras pelas vias. E, se chovesse acima da normalidade? Logicamente inundaria as ruas, viraria um verdadeiro caos, assim também são os nossos rins”, analisa o nefrologista do Complexo Médico Provida, em Tubarão, Dr. Vitor Henrique Moreira Maia (CRM: 21078 / RQE: 17681 ).

Para o médico ,a atenção a saúde, em geral, também passa pela completa atividade dos rins. Trabalho que muitas vezes passa despercebido, mas que precisa ser executado corretamente para não comprometer os demais mecanismos humanos.

“As maiores causas mundiais de perda dos rins, são decorrentes de duas doenças comuns na população, a diabetes e a hipertensão arterial. Dupla responsável por 130 mil pacientes em hemodiálise no Brasil. A melhor prevenção é o controle de doenças”, alerta o nefrologista.

Para os manter em funcionamento normal, Dr. Vitor indica, controlar periodicamente a pressão, evitar o excesso de sal nos alimentos e a sobrecarga de proteínas. Fazer exercícios físicos, beber água em quantidades adequadas e ter equilíbrio do peso corporal também são necessários, além de manter o controle dos níveis de glicemia e fazer exames periódicos de rotina que avaliam a função do rim (creatinina e urina).

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul