Finalizada a primeira semana do comércio aberto, o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Rafael Gomes Silvério, faz uma avaliação positiva para o setor varejista e mantém todas as expectativas para esta segunda semana. Na primeira, entre 13 e 18 de abril, foi constatada uma grande procura de clientes preocupados em saldarem suas contas e registrado um excelente volume em vendas.

Rafael reconhece que nos primeiros dias houve uma correria e formação de filas em áreas externas, mas os lojistas mantiveram a rigidez quanto às normas de higiene e segurança, garantido o atendimento dentro das normativas determinadas pelos órgãos de saúde.

A CDL, segundo ele, tem trabalhado muito em relação às medidas protetivas, junto aos empresários como coletivamente, para garantir tranquilidade aos clientes, como o uso de máscaras, higienização das mãos, respeito nos distanciamentos e demais regras dos decretos municipal e estadual.

As informações básicas estão em cartazes fixados nas lojas orientando os consumidores. Também foram, em parceria com a prefeitura, instalados lavatórios públicos permitindo a higienização das mãos e realizada uma live abordando a higienização dos ambientes nas empresas.

ABERTURA
Nesta terça-feira, feriado de 21 de abril dedicado a Tiradentes, por comunicado do Sindilojas, fica assegurada a abertura do comércio em Tubarão com horário normal até as 18 horas. Espera-se com esta terça-feira de comércio aberto um dia equivalente à movimentação de um Dia D. A expectativa otimista é de um aumento de até 10% nas vendas.

Para o presidente da CDL, será uma possibilidade para as pessoas que estarão de folga irem com tranquilidade fazer suas compras e saldar suas contas, já que ficaram impossibilitadas de serem quitadas em decorrência do fechamento do comércio por quase 30 dias.

Rafael Silvério ressalta que é necessário valorizar o comércio local, gerando emprego e renda. Tubarão tem no comércio a principal fonte de renda das famílias e de arrecadação em impostos.

Foto: Mirna Graciela/Notisul