O volume de vendas do comércio varejista ampliado em Santa Catarina teve alta de 25,8% em março, na comparação com o mesmo mês do ano passado. Resultado que representa mais que o dobro da média nacional (10,1%) e do desempenho da região Sul, Paraná (10,9%) e Rio Grande do Sul (9%). Este índice contempla também as atividades de veículos, motos, partes e peças e materiais de construção. Os números foram divulgados nesta sexta-feira, 07, na Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), do IBGE.

O desempenho de Santa Catarina foi o quinto melhor do país, superado apenas por três Estados do Norte e pelo Espírito Santo. O crescimento foi puxado, principalmente, pelos veículos, motocicletas, partes e peças (66,2%); materiais de construção (64,2%); tecidos, vestuário e calçados (44,2%); móveis e eletrodomésticos (43,0%), e outros artigos de uso pessoal e doméstico (42,9%). A única queda apresentada foi nos hipermercados e supermercados (-3,1%).

Acumulado

Já no acumulado de 2021, Santa Catarina registra crescimento de 7,7% na comparação com o mesmo balanço do ano passado, enquanto a média nacional foi de 1,4%.

O destaque aparece na atividade material de construção (30,4%), que acumula no ano o segundo maior crescimento do país, apenas menor que o do Espírito Santo (43%). O segmento de veículos, motocicletas, partes e peças (15,2%) também registrou em março a segunda melhor alta do Brasil, atrás de Pernambuco (32,4%).

Na variação acumulada dos últimos 12 meses, o cenário estadual também apresentou alta de 4,8%. E o nacional teve queda de 1,1%.

Entre os 15 maiores Estados, Santa Catarina avançou um posto e apresenta agora o quarto maior crescimento do país.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: Governo do Estado