A região do Vale do Braço do Norte é uma das que mais emprega na Amurel, segundo dados recentes do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Com economia diversificada, a região conta com indústrias e empresas de diversos setores em expansão. Mesmo em meio à pandemia, o mercado de trabalho segue em desenvolvimento e é crescente a oferta de empregos. Porém, uma das dificuldades apontadas pelos empresários é encontrar mão de obra qualificada para as vagas disponíveis.

O empresário Carlos Fornazza diz que a região do Vale, historicamente, sempre teve dificuldade para encontrar mão de obra qualificada. “É difícil encontrarmos na nossa região uma empresa que não esteja contratando. O problema é que a maioria dos candidatos não tem o mínimo de qualificação exigida. Este é um grande desafio que temos que superar”, comenta.

Diante deste cenário, a Associação Empresarial do Vale do Braço do Norte (Acivale) busca encontrar formas para minimizar os efeitos desse problema de qualificação profissional. De acordo com o presidente da associação, Evaldo Niehues Júnior, a entidade busca entender as necessidades/demandas do mercado e assim ofertar a qualificação necessária. Além de oferecer capacitação em vários segmentos, também foram criados os Núcleos Setoriais, compostos por profissionais das áreas respectivas de cada núcleo, que tem o objetivo de padronizar ações e compartilhar soluções em cada setor de atuação.

A Acivale também conta com parcerias com universidades e recentemente a Univinte/Fucap instalou um polo educacional na entidade trazendo novas possibilidades de qualificação de alto nível para todos. “A associação também batalhou para viabilizar em Braço do Norte uma unidade do Sesi Senai, que oferece enorme gama de cursos básicos, técnicos e profissionalizantes para justamente melhorar a qualidade de mão de obra de nossa microrregião”, afirma o presidente.

A entidade divulga semanalmente vagas de empregos disponíveis na região em suas redes sociais. Os interessados em participar dos cursos de qualificação podem entrar em contato pelo telefone (48) 3658-3679.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul