#Pracegover Foto: na imagem há um homemcom capacete, carrinho de mão, andaime, tijolos, escada e fios
#Pracegover Foto: na imagem há um homemcom capacete, carrinho de mão, andaime, tijolos, escada e fios

Em janeiro de 2021, Santa Catarina conquistou o melhor resultado na arrecadação tributária de todos os tempos. No total, foram arrecadados R$ 3,1 bilhões, alta de 15,1% em relação ao mesmo período do ano anterior. O Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), principal tributo estadual, teve incremento de 17,2%.

“Ao longo do ano passado, a economia catarinense sofreu com a queda brusca na arrecadação, ocasionada pela crise da pandemia de Covid-19. Esse resultado histórico, logo no início de 2021, mostra que todos os esforços somados no ano passado para superar as adversidades não foram em vão”, disse a diretora de Administração Tributária (Diat) da Secretaria de Estado da Fazenda (SEF/SC), Lenai Michels.

Segundo a diretora, os investimentos em tecnologia, como o lançamento do aplicativo Malhas Fiscais, e as medidas adotadas em parceria com o setor produtivo, com planejamento e segurança, foram fundamentais para os bons resultados.

O setor que mais cresceu no último mês foi o de materiais de construção, com alta de 48,25% na arrecadação em comparação com janeiro de 2020. Em segundo lugar, o segmento metalmecânico, com crescimento de 33,65%; e, na sequência, o setor têxtil, com incremento de 27,11%. Apenas dois segmentos apresentaram impacto negativo em janeiro, o de bebidas, com queda de 13,83% em relação ao mesmo mês em 2020; e o de automóveis, com decréscimo de 7,21%.

“Ainda há setores sofrendo os impactos da crise e continuaremos trabalhando para minimizar os efeitos, buscando o equilíbrio econômico de nosso Estado”, salientou Lenai.

A maior marca registrada na arrecadação até então era R$ 2,79 bilhões em outubro de 2020.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul