Tubarão

Os serviços oferecidos pela prefeitura de Tubarão, cancelados na última semana em função da greve dos caminhoneiros, que durou dez dias, serão normalizados a partir de segunda-feira. Membros do Gabinete de Gestão de Crise reuniram-se nesta sexta-feira, na Sala de Atos do Paço, e definiram os últimos detalhes dos retornos aos serviços.

Na educação, as aulas recomeçam na segunda. Os cinco com as escolas fechadas serão repostos na semana de 16 a 20 do próximo mês, período destinado à formação continuada dos professores e, de férias escolares. “Seriam duas semanas de férias, com esta paralisação, a rede municipal de ensino terá uma semana de recesso”, ressalta o prefeito Joares Ponticelli.

Saúde, transporte coletivo, coleta de lixo, abastecimento de água, retorno às obras também estão com os serviços normalizados. “Agradecemos ao coronel Djalma Alves, gestor-coordenador de Proteção e Defesa Civil, que fez um excelente trabalho ao liderar o grupo e, principalmente a população, pela compreensão às atitudes que tomamos”, reconhece o prefeito.

Além das escolas do município e do Estado, a direção da Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul) anunciou que retornará às atividades também na próxima segunda-feira, após a suspensão das aulas também devido à greve dos caminhoneiros.