Futuro espaço para geração de ideias, negócios, tecnologias e produtos do futuro, o Centro de Inovação deve entrar em operação no segundo semestre e desperta a atenção do universo do empreendedorismo de Tubarão e da região. O chamamento público para empresas interessadas em se instalar no local deve ocorrer nos próximos 60 dias, mas já é possível que empresas manifestem o interesse e visitem a obra para conhecer a estrutura do local.

Nesta semana, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Tecnologia Giovani Bernardo participou de um encontro online com integrantes do Núcleo de Tecnologia da Informação da Associação Empresarial de Tubarão (ACIT) sobre o funcionamento do Centro de Inovação.

Giovani falou do modelo de gestão do espaço e demais circunstâncias que farão parte da realidade de planejamento e operacional do Centro de Inovação.

“Ainda vamos aguardar o chamamento com todas as regras para que o Centro de Inovação seja ocupado e passe a ter vida de fato, mas estamos muito satisfeitos ao ver esse cenário promissor do ecossistema de inovação e tecnologia”, destaca o secretário.

Para o prefeito Joares Ponticelli, que quando presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) foi um dos responsáveis pela inclusão de Tubarão no mapa das cidades que receberiam um Centro de Inovação, o ano de 2021 representará o início de uma época especial.

“Neste ano de dificuldades por causa da pandemia e as consequências, ver a cidade ganhar um Centro de Inovação é um alento, pois ali está uma semente que em pouco tempo vai dar excelentes frutos para a cidade a nossa gente”, aposta.

Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Governo de Tubarão