A Cooperativa Regional Sul de Eletrificação Rural (Coorsel) realizou, neste início de semana, o curso de operador de guindauto, destinado aos colaboradores que operam este tipo de equipamento. O treinamento possui carga horária de 16 horas, dividido em aulas teóricas e práticas. O objetivo do curso é capacitar o operador de guindauto a operar de forma correta, segura e eficiente, uniformizando procedimentos da operação, inspeção e conservação dos equipamentos. Além de disso, contribui para que o participante esteja apto a operar o equipamento com toda segurança e eficiência, identificando e controlando os riscos de sua atividade de forma a evitar acidentes e preservar as boas condições da máquina.

O técnico responsável pelo setor de rede da Coorsel, Luiz Henrique Martins Lucas, ressaltou a importância do treinamento para o crescimento da equipe. “É um curso que visa novos aprendizados. Faz com que tenhamos os conhecimentos necessários para melhor executar o trabalho no dia a dia. Mensalmente estamos fazendo estas reciclagens para que possamos conhecer melhor todos os procedimentos da área elétrica, propiciando assim o crescimento nosso como profissional e consequentemente aprimorando o serviço prestado ao associado”, registrou. 

“Nosso objetivo é trabalhar para evitar acidentes, focando sempre na segurança e mostrando as melhores maneiras possíveis de se realizar o trabalho. A Coorsel hoje conta com uma excelente equipe, altamente capacitada e comprometida com o trabalho, fator que sempre facilita em momentos como este, de transmitir novos conhecimentos”, registrou professor e técnico em segurança do trabalho, Nelson Silvestre.

   

Para o presidente da Coorsel, Ivanir Vitorassi, a qualificação por meio de cursos como esse permite que o trabalhador exerça sua atividade diária com mais segurança e conhecimento do setor em que atua. “Desde que assumimos a diretoria da Coorsel estamos sempre atento às mudanças e atualizações constantes que vivemos no mundo do trabalho. Seja por meio de cursos ou na aquisição de novos equipamentos de trabalho, sem disponibilizamos tudo que os nossos funcionários precisam para acompanhar essas evoluções e desenvolverem habilidades que continuem garantindo um trabalho de qualidade, acima de tudo zelando pela segurança”, conclui Vitorassi.

O curso foi realizado por meio da Inovarum Gestão e Treinamentos, subsidiado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Estado de Santa Catarina (Sescoop).