Na São Paulo Magazine, vendas de cobertores aumentaram nas últimas semanas por conta do frio. O inverno começou segunda-feira.
Na São Paulo Magazine, vendas de cobertores aumentaram nas últimas semanas por conta do frio. O inverno começou segunda-feira.

Carolina Carradore
Tubarão

As temperaturas caíram bastante nesta semana e incrementaram as vendas em alguns setores do comércio. Houve acréscimo de até 30% na procura por itens necessários para encarar o frio, como aquecedores, pantufas, cobertores e edredons.
E a expectativa de muitos lojistas é vender ainda mais até o fim do inverno. Um bom incentivo é a queda de aproximadamente 25% do preço de cobertores e edredons, comparado com o inverno do ano passado, que chegam em 2010 mais baratos devido à concorrência dos produtos importados.

Depois de passar frio na madrugada de ontem e não conseguir dormir direito, a microempresária Karla Rodrigues decidiu comprar mais um cobertor. Resolveu pesquisar os preços antes de fechar negócio. “Quero um produto de qualidade e barato. Não vou comprar nada que possa me arrepender depois. Mas preciso de uma nova coberta ainda para esta semana”, revela.
Na loja São Paulo Magazine, em Tubarão, o proprietário Samir Ahmad calcula um incremento de 10% nas vendas dos artigos de cama. Ele também aposta nas promoções de cobertores e edredons.

No ano passado, um cobertor de casal era vendido, em média, por R$ 99,00. Este ano, o mesmo produto pode ser encontrado a R$ 69,00. Já um edredom de 180 gramas, que em 2009 custava R$ 69,00 pode ser encontrado por R$ 49,00. “A concorrência com produtos importados fez os artigos nacionais baixarem os preços. Estamos vendendo bem e esperamos um aquecimento ainda maior”, espera Samir.