Contemplada pela promoção de Natal da loja formiguense We Boutique nessa quinta-feira (26/12), Andrea Assis Barbosa diz que ainda não sabe o que vai fazer com os prêmios que ganhou do estabelecimento: uma bolsa da marca Carmim e dois adjetivos desagradáveis. 

A cliente, afinal, foi chamada de “chata” e “testuda” por vendedoras da empresa durante a realização de um sorteio ao vivo no Instagram – as funcionárias se esqueceram de desligar a câmera do smartphone após a revelação da ganhadora.  

 

“Eles (representante da loja) vieram até minha casa me pedir de desculpas. Não estou bem, sabe? Ainda vou ver o que faço com relação a isso”, disse a cliente ao Estado de Minas, com a voz notadamente embargada. 

A direção da We Boutique, que chegou a desativar os perfis da loja nas redes sociais, se manifestou sobre o caso no Instagram na noite dessa sexta-feira (27/12). “Viemos, respeitosamente, pedir desculpas à cliente Andreia Assis Barbosa e a todas as pessoas que se sentiram ofendidas com os comentários feitos por colaboradores durante o sorteio da Promoção de Natal”, diz o texto. 

Ainda de acordo com a nota, as ofensas direcionadas a Andrea Assis correspondem à “opinião pessoal de algumas funcionárias”, que já teriam sido afastadas de suas atividades.  

Assista ao vídeo aqui