Uma portaria foi publicada nesta segunda-feira (22), pela Secretaria de Estado de Saúde determinando a suspensão de todos os procedimentos cirúrgicos eletivos de média e alta complexidade realizados nas clínicas e hospitais privados em todo o território catarinense. A portaria 328, foi assinada pelo secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, e publicada no Diário Oficial do Estado suspende os procedimentos até o dia 31 de março de 2021. Em hospitais públicos e administrados por Organizações Sociais eles já haviam sido suspensos anteriormente.

A medida é uma forma de possibilitar maior oferta de leitos para o combate à pandemia de Covid 19 diante do cenário de transmissão acelerada da doença e do aumento do número de confirmados e internações hospitalares. Além das dificuldades informadas pelos fornecedores em cumprir com os quantitativos e prazos de entrega de medicamentos como sedativos, anestésicos intravenosos e bloqueadores neuromusculares aos serviços de saúde

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, a suspensão se refere a todos os procedimentos cirúrgicos realizados sob anestesia geral ou que demandem uso de sedativos e anestésicos intravenosos no transoperatório ou que impliquem em reserva de leito de UTI. A realização de procedimentos cirúrgicos de urgência ou “tempo sensíveis” permanecem autorizados.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Governo do Estado