#Pracegover foto: na imagem há pessoas, equinos, árvores e um cartaz
#Pracegover foto: na imagem há pessoas, equinos, árvores e um cartaz

A poucos dias das celebrações do 20 de Setembro, data magna do Rio Grande do Sul, a cidade gaúcha de Mostardas aproveitou a semana que relembra a Proclamação da República Rio-grandense para comemorar também o Bicentenário de Nascimento de Anita Garibaldi. Na quinta-feira (16), o município recebeu uma comitiva formada pelo Instituto Cultural Anita Garibaldi e autoridades de Laguna.

Mostardas fica no litoral Sul gaúcho e detém um marco ímpar na história do heróico casal Garibaldi. Foi ali que a 16 de setembro de 1840, nasceu o primeiro filho de Anita e Giuseppe e o único a vir ao mundo em solo brasileiro. Domenico Menotti Garibaldi tinha poucos dias de vida e estava nos braços de sua mãe quando ela empunhou armas para enfrentar soldados imperiais. Essa cena é a que foi eternizada no célebre monumento da Colina do Gianícolo, em Roma.

A programação montada pela prefeitura municipal, através de Télcio Porcíuncula, iniciou pela manhã e só encerrou à noite. Começou com o acendimento da mítica Chama Crioula, uma tradição riograndense iniciada em 1947. O fogo simbólico foi aceso no lugar exato em que nasceu Menotti, sob a sombra da mesma figueira que existia naquela época. A

Para compor o cenário tradicionalista, as Guardiãs de Anita chegaram ao local montadas a cavalo e foram escoladas por cavaleiros vindos de Centros de Tradição Gaúcha (CTGs) e piquetes da região. Elas abrilhantaram o evento com um apresentação musical, que fizeram montadas sobre os equinos. Ainda a Rosa de Anita foi plantada em frente ao paço municipal.

Além disso ocorreu um colóquio internacional que uniu Mostardas às cidades da Itália, igualmente irmanadas por Anita e pelo projeto Dois Mundos e Uma Rosa Para Anita. O encontro virtual foi sediado na Câmara Municipal e teve mediação de Adílcio Cadorin, com tradução simultânea de Anee Savaris.

Participaram: Anelise Lins (presidente do Legislativo local), Moisés Pedone (prefeito de Mostardas), Samir Ahmad (prefeito de Laguna), Manoelito Savaris e Renata Pletz (presidente e vice do MTG-RS), Gilberto Araújo (coordenador do Grupo Folclórico de Mostardas) e Maria Faistauer (coordenadora da 23ª Região Tradicionalista do MTG-RS). Da Itália: Contanza e Giulio Ravizza (bisnetos de Menotti e tataraneta de Anita), Annita Garibaldi (bisneta da heroína), Andrea Antonioli (Diretor do Museu Renzi) e Mauro Gavilucci (autor de livro garibaldino).

Os italianos homenagearam Menotti e sua cidade natal. Junto dos brasileiros, demonstraram recíproco interesse na elaboração de convênios para o desenvolvimento de projetos culturais, turísticos, educacionais e econômicos.

A programação encerrou com o lançamento dos livros Anita, guerreira das Repúblicas Dois Mundos e Uma Rosa para Anita, este último escrito em três línguas por Cadorin, Giampaolo Grilli, Andrea Antonioli, Annita Garibaldi Jallet, Alessandro Ricci e Giovanni Paolo Tesei. A comitiva lagunense foi formada pelas guardiãs Carmen Plentz, Simone Ramos, Rithan Ahmad, Ivete Scopel, Vanere Rocha Pires e Andreia Noal; prefeito Samir Ahmad; pelos diretores do CulturAnita, Adílcio Cadorin e Evandro Maciel; e fotógrafo Wagner Pires.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: CulturAnita

Foto: Wagner Pires