#PraCegoVer Na foto, uma equipe trabalha para recuperar um sistema de drenagem
O trabalho de reparo do sistema de drenagem para esgotar o grande volume de água dos bairros Humaitá e Dehon começou a ser feito nesta quinta-feira (5) e adentrou a madrugada desta sexta-feira (6). Uma bomba agrícola acoplada a um trator, para ajudar na sucção da água, também será usada - Foto: Prefeitura de Tubarão | Divulgação

Praticamente toda a infraestrutura e pessoal da Prefeitura de Tubarão foi empregada na recuperação da cidade nesta quinta-feira. As frentes atuaram em diversos bairros com o intuito de minimizar os problemas gerados pela chuva, em especial na localidade da Madre e nos bairros Humaitá e Dehon. Na Madre, o problema foi o rompimento de uma tubulação na Rodovia Aggeu Medeiros. Para controlar a vazão da água, são colocadas rochas para impedir que a água retorne para a localidade conhecida como Campo da Eira. Outra situação de preocupação é o grande volume de água nos bairros Humaitá, principalmente no entorno da Rodoviária, e Dehon. O problema, em grande parte, foi ocasionado pela falha do motor de bombeamento do sistema de drenagem, que foi completamente coberto pela água. Nesta quinta-feira, máquinas para drenar a água foram utilizadas a fim de permitir a troca da peça por uma emprestada pela Diamante Energia. O serviço é feito com o apoio da Higienelar e Tubarão Saneamento. Paralelamente à troca do motor, será utilizada uma bomba agrícola acoplada a um trator, que ajudará na sucção da água.

#PraCegoVer Na foto, homens constroem uma barreira de pedras
Na Madre, uma barreira de pedras para evitar que a água invada a localidade de Campo da Eira foi feita nesta quinta-feira 5) – Foto: Prefeitura de Tubarão | Divulgação

Ao longo do dia, as equipes também trabalharam na remoção de árvores que caíram, galhos, lixos e entulhos trazidos pelas água e ficaram espalhados pelas ruas centrais da cidade. Nesta sexta-feira (6), o serviço de transporte coletivo urbano de passageiros, prestado pelo Consórcio Cidade Azul, composto pelas empresas Transgeraldo e Transportes Capivari, será retomado. O serviço foi paralisado parcialmente na quarta-feira (4) e totalmente nesta quinta-feira (5) por causa dos alagamentos nas ruas e também nas garagens das duas empresas. O embarque e desembarque de passageiros de rotas intermunicipais, antes no Terminal Rodoviário José Ghizoni, no Centro, são realizados temporariamente no pátio do Feirão dos Calçados, na rua Luiz Henrique Fernandes da Rosa, no bairro Revoredo. O Terminal ainda está debaixo d’água.

Nesta quinta-feira, boa parte das pessoas atendidas nos abrigos pode voltar para casa em segurança. Contudo, ainda existem em torno de 200 desalojados na Epagri (18), Igreja a Verdade que Liberta (24), Salão Paroquial do Morrotes (100), Arena Multiuso (40) e João 3:16 (19). As aulas da Rede Municipal de Ensino serão retomadas parcialmente nesta sexta-feira (6). Os prédios dos bairros onde não há alagamento foram todos limpos e receberam pequenos reparos. Contudo, das 14 escolas do Ensino Fundamental, nove não poderão funcionar, e dos 32 Centros de Educação Infantil, 10 não terão condições de abrir. A Fundação Municipal de Educação já trabalho no planejamento para a reposição das aulas perdidas nos últimos dias. O transporte escolar será feito de maneira parcial, pois ainda existem localidades onde os veículos têm dificuldade de passar. Não haverá transporte de alunos nas localidades de Francelino Mendes, Bom Pastor, Caruru, Sombrio, Linha Mesquita, Areado, Riguete, Alto Pedrinhas e Cleto da Silva.

Fonte: Defesa Civil e Prefeitura de Tubarão
Edição: Zahyra Mattar | Notisul

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul