A chuva forte que caiu na manhã desta quarta-feira causou estragos em cidades do Oeste e Grande Florianópolis. De acordo com a Defesa Civil, há rodovias interditadas por queda de árvores, interrupção de distribuição de energia elétrica e danos em residências.

Em Xaxim, a chuva forte acompanhada de rajadas intensas de vento e granizo afetou cerca de 50 residências. A Defesa Civil do município e os Bombeiros trabalham nos danos desde as 6h30.

Em Chapecó, o vento destelhou casas nos bairros: Efapi, Cristo Rei e Água Amarela. A defesa Civil registrou de queda de árvores em Descanso, Bandeirante, São Miguel do Oeste, Anchieta e Tunápolis.

Em Passos Maia, quatro residências foram danificadas pelos ventos fortes e houve queda de árvores. Duas residências foram afetadas em São Lourenço por conta da chuva e rajadas intensas de vento. Em Ponte Serrada, a chuva também provocou danos nas casas e estradas, houve queda de árvores.

Nas rodovias

A rodovia SC-155 entre Seara e Itá ficou parcialmente interditada por queda de árvores entre Iporã do Oeste e Itapiranga, na rodovia SC-163, e entre Iporã do Oeste e Mondaí, na SC-386. Também houve queda de árvores na SC-459, entre Xaxim e Lajeado Grande.

Em rodovias federais, a BR-282 entre Maravilha e São Miguel do Oeste teve quedas de árvore. Segundo a PRF, o trecho foi liberado por volta das 11h30, mas ainda há risco de desmoronamento naquela região.

Na BR-153, em Vargem Bonita, a tempestade derrubou galhos de árvores.

A BR-282, km 78,7 que corta a Grande Florianópolis, em Rancho Queimado, teve registro de queda de barreira .  

Sem luz

Sete municípios registram queda de energia por causa da tempestade: Jaborá, Peritiba, Ipumirim, Lindóia do Sul, Xavantina, Arabutã e Itá.