O número de mortos em decorrência das chuvas que atingem Minas Gerais nos últimos dez dias já chega a 57, de acordo com a Defesa Civil estadual. A última morte foi confirmada na noite do último domingo.

Miriam Azevedo Damasceno, de 38 anos, teve o carro atingido no dia 24 de janeiro por um muro que desabou no momento em que ela descia do veículo. Ela ficou soterrada pelos escombros e resgatada pelo Corpo de Bombeiros. Miriam foi levada com múltiplas fraturas para um hospital em Caratinga, a 330 km de Belo Horizonte.

Outros mortos

Desde o início do período chuvoso, que começou em outubro do ano passado, outras 11 pessoas morreram em Minas Gerais em decorrência das chuvas. Dentre eles uma família formada por pai, mãe e filha que foi atingida por uma cabeça-d’água em uma cachoeira de Guapé, a 330 km de Belo Horizonte.

As outras mortes foram registradas em Sete Lagoas (2), Belo Horizonte, Ibirité, Januária, Muriaé, Santa Rita do Sapucaí e Viçosa.