De 1º de outubro até 12 de janeiro, o Corpo de Bombeiros registrou 30 mortes por afogamento em Santa Catarina, sendo 20 em água doce e dez em água salgada. Os números se igualam aos registrados durante a temporada passada. 

 

Entre 1º de outubro de 2018 e 31 de março de 2018 foram 15 mortes por afogamento em água doce e 15 em água salgada.

A temporada para o Corpo de Bombeiros começa em outubro, diferente da Secretaria de Segurança Pública, que considera o início em dezembro por conta do movimento e do clima.

“A gente começa a deslocar efetivos de guarda-vidas para as praias, especialmente nos finais de semana e feriados. A gente sabe que nesta época do ano começa a esquentar, aumenta o movimento e a gente vai se adequando”, explica o tenente Ian.