Georgia é uma Lhasa Apso de 16 anos. A dona é Fayga Feuerschuette, que não deixa de realizar a prevenção com frequência
Georgia é uma Lhasa Apso de 16 anos. A dona é Fayga Feuerschuette, que não deixa de realizar a prevenção com frequência

Tubarão

Prevenir é o melhor remédio. Você já deve ter escutado esta frase inúmeras vezes, correto? Por mais clichê que possa parecer, a afirmação deve ser levada muito a sério. Pense no caso dos pets, por exemplo. As dores e incômodos são manifestados de maneiras e formas que nem sempre os donos conseguem decifrar. Portanto, para evitar o sofrimento do bichinho, o ideal é realizar um check-up para deixar o seu amigão saudável.

De acordo com a médica veterinária Bruna Fidélis de Medeiros, pelo menos uma vez ao ano o animalzinho deve realizar exames preventivos. Hemograma, creatina, colesterol, glicose, assim como nos humanos devem ser feitos para visar uma boa qualidade de vida. “Não temos como fugir disso. A prevenção da saúde do animal é uma tendência e cada vez mais terá recursos para cuidar dos bichinhos de estimação”, destaca. “Os exames ajudam a detectar precocemente diabetes, insuficiência renal, presença de parasitas e outras doenças. Assim, eles não sofrem com tratamento”, orienta.

O mercado de alimentos para os pets também está focado no bem-estar. Segundo o proprietário do Mundo Animal, Rodrigo Viana Corrêa, as rações e petiscos para cães e gatos sofreram alterações e buscam uma linha mais light e natural para eles. “O mercado de alimentação está com muitas novidades. A relação custo/benefício é avaliada positivamente”, garante. Hoje, podemos encontrar rações com ingredientes 70% de origem animal, 40% de proteína, baixo teor de carboidrato, enriquecido com colágeno e vitamina C. “Pode parecer bobagem, mas o cuidado na alimentação pode prevenir muitas doenças”, ressalta Rodrigo.

Georgia é uma Lhasa Apso de 16 anos, a dona, Fayga Feuerschuette, conta que a prevenção é de total importância para que o cachorro viva mais e melhor. “Georgia tem problemas cardíacos, já não enxerga bem, mas graças aos recursos e às especializações da medicina veterinária ela vive sem sofrimento”. Fayga garante a saúde do animal com exames periódicos, cuidados semanais em estabelecimentos especializados, enfim, age de forma preventiva. “Temos que cuidar a vida toda, eles não são brinquedos e merecem muito amor”, finaliza.