Andréa Raupp Alves
Tubarão

Fiéis passam pela paróquia Santo Antônio de Pádua, em Tubarão, com o objetivo de refletir e adorar o Santíssimo Sacramento. Durante oito dias, ocorre o 12º Cerco de Jericó, com atividades coordenadas por grupos de movimentos de pastorais a cada duas horas.

Para a aposentada Umbelina Torquato Rahin, o Cerco de Jericó é um evento religioso que faz parte de sua vida. Ela participa desde 1998, e revela que é a única da família que está na igreja durante os oito dias. “Venho pelo menos uma vez por dia durante o Cerco de Jericó. Adoro participar das atividades”, acrescenta.
A aposentada Enedina Pedroso conta que gosta dos momentos de orações ao Santíssimo Sacramento. O casal Alda e Zacarias Gonçalves participam pelo menos uma vez por semana. “Nunca deixamos de participar”, relata Alda.

Paralelo ao Cerco de Jericó, ocorre a ação social ‘muralha de alimento’. A organização recolhe donativos entre os participantes, que serão entregues às famílias carentes. O Cerco de Jericó iniciou sábado e segue até o próximo sábado. A igreja ficará aberta durante 24 horas, com muitas atividades. São esperadas cerca de 20 mil pessoas.