A Polícia Civil de Santa Catarina, o Conselho Estadual de Combate à Pirataria (CECOP), a Secretaria de Estado da Fazenda de Santa Catarina e o Procon de SC deflagraram nesta terça-feira (26), em Brusque, a operação “Etiqueta Segura III”. A ação conjunta visa combater os crimes contra as marcas, relações de consumo e tributários.

Pela Polícia Civil atuaram policiais civis da Delegacia de Investigação aos Crimes contra a Fazenda Pública (DFAZ) e da Delegacia de Defraudações, ambas da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC/PCSC).

Foram cumpridos 11 mandados de busca e apreensão em estabelecimentos que comercializavam produtos piratas, o que resultou na apreensão de 115 volumes de mercadorias, que em levantamento prévio totalizam aproximadamente quatro milhões de reais, além de documentação que aponta irregularidades fiscais.

Parte da documentação apreendida será compartilhada com a Secretaria de Estado da Fazenda de Santa Catarina (SEFAZ), que fará a análise do material contabilizando, assim, o montante sonegado.

Os proprietários dos estabelecimentos foram intimados para prestar esclarecimentos e acompanhar a abertura dos malotes dos produtos apreendidos. Os produtos apreendidos serão encaminhados para o Instituto Geral de Perícias (IGP/SC) para atestar a sua origem.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: PCSC