Brasília (DF)

Pelos últimos levantamentos, 87 parlamentares, entre deputados e senadores, disputam as eleições de outubro. São 84 deputados na disputa e três senadores. Isso representa quase um sexto do parlamento.

Da bancada feminina na câmara, composta de 46 deputadas, 14 disputarão as eleições municipais. O PT, o segundo maior partido da câmara, com 79 deputados, tem 17 disputando as eleições de outubro. O PMDB, que tem a maior bancada na câmara, com 94 deputados, tem 12.

No Democratas, que tem 52 deputados, nove serão candidatos. O Partido da República (PR) disputa o pleito com sete. O PSDB com seis deputados. Com cinco deputados disputam as eleições o Partido Progressista (PP), o PCdoB e o PDT. Com quatro, o PSB e o PV.
Os três deputados que integram a bancada do Psol no congresso disputam as eleições de outubro, em São Paulo (Ivan Valente); Rio de Janeiro (Chico Alencar) e Porto Alegre (Luciana Genro).
O PTB, o PPS e o PSC têm dois deputados candidatos cada um; o PMN e o PRB têm um deputado candidato. O PRB tem também um senador, candidato à prefeitura do Rio de Janeiro (Marcelo Crivela).

O PDT também tem um candidato senador que disputará a prefeitura de Fortaleza (Patricia Sabóia). O PMDB disputa a prefeitura de Santana (AP) com o suplente de senador no exercício do mandato, Geovani Borges.
Os parlamentares candidatos não precisam de licença ou desincompatibilização do mandato para disputar eleições.