Diversas atividades devem ser retomadas pelas distribuidoras de energia elétrica, segundo as regras da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) que constam na revisão da Resolução Normativa nº 878/2020. Em função disso, a partir de hoje (3), a Cooperativa de Eletrificação Rural de Braço do Norte (Cerbranorte) retomou o corte de fornecimento por falta de pagamento.

O corte está sendo realizado nas unidades consumidoras que acumulam mais faturas em atraso. Há casos de faturas do mês de fevereiro, vencidas em março, por exemplo.

Depois, sucessivamente, haverá interrupção no abastecimento dos que estão com menos tempo em atraso. Por isso, a Cerbranorte alerta aos consumidores para que prestem atenção nos prazos de pagamento de suas faturas.

Conforme a gerente comercial da Cerbranorte, Deise Faust Vieira, a cooperativa tem aproximadamente, 2,8 mil faturas em aberto de 1.570 unidades consumidoras até o mês de junho. O levantamento realizado esta semana mostra ainda que 1.270 residências estão em atraso, enquanto 181 são relógios comerciais, 175 estão em área rural e 90 são indústrias.

A ANEEL decidiu por manter a proibição de cortes de energia por falta de pagamento para os consumidores classificados como Baixa Renda enquanto durar o estado de emergência da pandemia. Conforme o Decreto Legislativo nº 6/2020 esse prazo atualmente vai até o fim deste ano.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul