#Pracegover Foto: na imagem há um edifício com janelas, porta e escadas
#Pracegover Foto: na imagem há um edifício com janelas, porta e escadas

O Hospital Nossa Senhora da Conceição – Rede Santa Catarina, vem enfrentando desde maio 2022 uma superlotação em dois dos principais setores do Centro Materno Infantil: o Centro Obstétrico e a UTI Neonatal/Pediátrica. Grande parte do aumento no volume de atendimentos ocorreu após o fechamento da Maternidade do Hospital Santa Teresinha, de Braço do Norte, e da Maternidade do Hospital São Camilo, de Imbituba.

O HNSC é habilitado em Referência Hospitalar em Atendimento de Gestação de Alto Risco, porém devido ao aumento exacerbado de atendimentos de média e baixa complexidade, o serviço é afetado; isso porque, ainda que a instituição mantenha convênio com ao Sistema Único de Saúde (SUS), sua capacidade de atendimento não é infinita. Segundo a direção da instituição, a atual situação está extremamente alarmante, lembrando que o HNSC já vinha trabalhando com sua ocupação máxima desde a época da COVID-19, impactado pelo setor de Emergência. Cenário que dificulta a alocação de mais recursos humanos na maternidade, pois desfalcaria as demais áreas, inclusive, colocando em risco à qualidade da Assistência Médica e Hospitalar.

De acordo com a direção, o cenário que a entidade de saúde se encontra vem sendo alarmado de forma oficial junto aos órgãos competentes para apoio e providência de medidas imediatas à Saúde Pública para resolução da superlotação, mas caso isso não aconteça, o HNSC terá que fechar as portas das duas Unidades. “Como instituição séria e responsável, que têm como valores a humanização, preservação da vida, dignidade, transparência e sustentabilidade, o Hospital Nossa Senhora da Conceição continua atendendo as gestantes e parturientes que chegam, mas volta a frisar que está em risco iminente do fechamento do Centro Obstétrico e da UTI Neonatal/Pediátrica devido à ausência de estrutura física e equipe para acomodar e atender os pacientes”, informou o HNSC.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul