Projeto prevê que a rede elétrico do Centro Histórico se torne subterrânea para melhorar a mobilidade do espaço - Foto: Reprodução | Prefeitura de Garopaba | Divulgação

Guardião da história da colonização açoriana no Sul do Estado, o Centro Histórico de Garopaba passará por uma revitalização completa ainda este ano. O investimento será de R$ 2,1 milhões. O recurso é fruto de uma emenda parlamentar da deputada federal Geovania de Sá. O pré-projeto está pronto e foi apresentada no auditório da Escola Municipal do Pinguirito. Hoje, um dos principais desafios no local é melhorar a mobilidade urbana. Para isso, uma das ideias é tornar a rede elétrica subterrânea. “Nasci no Centro Histórico e sei da importância desta revitalização. Ali estão nossas raízes açorianas e é o marco onde nossa cidade começou”, comemora o vice-prefeito Guto Chaves.

Assinatura do repasse da emenda parlamentar da deputada federal Geovania de Sá foi bastante comemorada. Com o recurso, no valor total de R$ 2,1 milhões, a obra poderá ser viabilizada ainda este ano – Foto: Prefeitura de Garopaba | Divulgação

Ainda que a obra tenha a intenção de modernizar o Centro Histórico, a ideia não é descaracteriza-lo, pelo contrário: a intenção é resgatar a história a partir de técnicas mais avançadas.“Acredito que mais do que melhorar o aspecto do lugar, este tipo de investimento contribui diretamente para fortalecer o turismo e, com isso, gerar renda, pois quanto mais pessoas visitam a cidade, mais o comércio e a prestação de serviço local crescem”, argumenta a deputada.

O Centro Histórico de Garopaba é um dos cartões postais do município. O local é bastante visitado por turistas que querem conhecer as raízes açorianas que fundaram a cidade – Foto: Prefeitura de Garopaba | Divulgação

O valor total para a revitalização completa do Centro Histórico de Garopaba está orçada em R$ 4 milhões. Com a emenda da parlamentar, o prefeito Júnior Abreu assinalou que o município bancará o restante com recursos próprios, fruto da arrecadação do IPTU e outros impostos pagos pelos cidadãos. A previsão inicial é que as obras iniciem ainda neste primeiro semestre e esteja finalizadas até o fim do ano.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul