Cíntia Abreu
Tubarão

Se a educadora Irene Botega Collaço, mãe do vice-prefeito Felippe Luiz Collaço (PP), estivesse viva, na noite de ontem comemoraria os seus 63 anos, assim como assistiria a inauguração da creche que leva o seu nome.
O Centro Educacional Infantil Irene Botega Collaço, localizado no bairro São Cristóvão, foi reivindicação da comunidade do bairro, e um sonho antigo da professora, que faleceu há sete anos, sem ver o seu objetivo concretizado. “Ela lutou durante dez anos pela construção desta creche. Lembro das vezes que ela deixou a família de lado, para auxiliar toda a comunidade de São Cristóvão, e hoje agradeço toda esta dedicação”, ressalta o vice-prefeito.

Pepê lembra ainda a importância da instituição na vida dos 37 alunos, de 0 a 3 anos, atendidos na creche. “É de fundamental relevância a existência deste lugar, onde os pais recebem mais um auxílio para a educação de seus filhos”, afirma Collaço.
Além da comunidade de São Cristóvão, estiveram presentes no evento de inauguração da creche a família Botega Collaço, amigos de juventude de Irene e também autoridades locais e estaduais, como o deputado estadual Joares Ponticelli (PP), que agradeceu a todos que contribuíram para que o sonho da educadora se tornasse realidade.

O evento foi encerrado com uma apresentação com fotos, que lembrou todo o processo de construção do CEI, preparado pela diretora do centro, Kátia Regina Nascimento de Souza Martins, e por toda a equipe – 15 pessoas trabalham no local. Kátia lembrou ainda que a ideia de homenagear Irene partiu da própria comunidade. Os moradores de São Cristóvão buscaram a homenagem através de um abaixoassinado.