Wagner da Silva
São Ludgero

Após o impasse gerado no fim de janeiro, pela mudança no projeto inicial, a construção do Centro de Múltiplo Uso e a Praça do Imigrante de São Ludgero foi enfim reiniciada. A obra foi iniciada no fim de 2009, mas paralisada um mês depois.

Um pedido de aditivo, por parte da Construtora USS Construções, teria motivado a suspensão. A empresa justifica que a descoberta de uma rocha e de uma rede de abastecimento obrigaram o engenheiro a realizar mudanças no projeto.

O prefeito Ademir Gesing (PMDB), o Gogo, explica que a estimativa de custos foi feita pela equipe da Amurel. “Porém, não contávamos com estas situações descobertas pela empresa, já no início da obra”, esclarece o prefeito.

Após analisar detalhadamente o pedido, o prefeito autorizou o aditivo de R$ 378.600,80. “Neste valor estão incluídos novos itens, como tubos de concreto, caixas de passagem e de areia, escavações, entre outros”, detalha.

A área onde são construídos o Centro e a Praça tem 2.296 metros quadrados.