Zahyra Mattar
Tubarão
 
Uma boa alimentação é sinônimo de uma vida saudável.  Mas manter na mesa produtos naturais e diversificados nem sempre é barato. Ao contrário do que se prega, frutas e verduras muitas vezes pesam no orçamento doméstico. Tanto que o brasileiro não tem o hábito de dispor destes alimentos todos os dias. O prato básico é o feijão, arroz e uma carne. O restante é lucro, como se diz no popular.
 
Um pouco com foco em mudar este hábito e outro pouco com o objetivo de atender a um antigo pedido da comunidade, a Central de Abastecimento (Ceasa) de Tubarão abrirá as portas para a comunidade.
 
O primeiro teste do projeto ‘Sacolão da Ceasa’ é amanhã. Das 7 às 13 horas, ininterruptamente. Mais de 30 agricultores da região venderão produtos, desde frutas verduras e manufaturados, como derivados do leite, geleias e pães, a preço único: R$ 1,29.
 
Toda semana será feita uma promoção. Amanhã é a vez da batata lavada, que será vendida  por R$ 0,99 o quilo. “Além do preço bom, o cliente poderá ficar tranquilo porque também levará qualidade para casa!”, convida o gerente regional da Ceasa, Douglas Antunes.
 
A Ceasa de Tubarão fica na rua Tereza Martins Brito (a do Cecontu), no bairro Revoredo. Mais informações podem ser obtidas por meio do telefone 3626-0216.