A Casan se integrou ao Movimento Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) Santa Catarina, da Organização das Nações Unidas (ONU). O fato ocorreu na Semana que marca o Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado em 5 de junho, e no ano em que completa seu cinquentenário, a Companhia firma mais um compromisso com o Desenvolvimento Sustentável.

O programa é formado por instituições comprometidas com a melhoria da qualidade de vida da sociedade catarinense, impulsionando os compromissos da Agenda 2030 da ONU para o Desenvolvimento Sustentável.

“O Governo do Estado, por meio da Casan, tem investido e conquistado grandes avanços no saneamento, uma área estratégica para conservação ambiental, que devemos comemorar neste Dia do Meio Ambiente. As melhorias trarão mais condições de desenvolvimento sustentável, de saúde e de qualidade de vida em nosso Estado”, reforça o governador Carlos Moisés,

“O Desenvolvimento Sustentável é uma bandeira do Governo de Santa Catarina e está na missão da Casan. Por esse motivo, participar do Movimento ODS é mais um estímulo a todo nosso corpo funcional para cada vez avançarmos no saneamento, uma ação com reflexos diretos na conservação do ambiente e na saúde das pessoas”, destaca a presidente da Companhia, Roberta Maas dos Anjos.

 

Água Potável e Saneamento

Tendo o Planejamento Hídrico entre suas prioridades, o Governo do Estado encaminha por meio da Casan projetos estruturais para melhoria do abastecimento em Santa Catarina, uma das metas do Movimento ODS. Os investimentos neste campo chegam a R$ 2 bilhões e têm como foco projetos como o Chapecozinho.

A maior obra de Sistema de Abastecimento de Água em Santa Catarina está em andamento e beneficiará diretamente os municípios de Chapecó, Xaxim, Xanxerê e Cordilheira Alta.

Projetado para também estimular o desenvolvimento econômico da região e o crescimento demográfico das cidades, o sistema de Chapecozinho tem previsão de execução de três anos, quando o abastecimento estará apto a captar, tratar e distribuir 1,2 mil litros de água por segundo.

No campo do esgotamento sanitário, os avanços também são significativos e contam com recursos de R$ 800 milhões. A meta é levar o Estado a um dos primeiros lugares do ranking nacional de saneamento.

Por meio da Casan, o Governo do Estado entregou no ano passado os sistemas de esgotamento sanitário de Concórdia, Chapecó (Bairro Efapi), Balneário Piçarras e Lauro Müller.

Este ano já foi inaugurada a infraestrutura pública de coleta e tratamento de esgoto de Ibirama. Em breve será entregue o Sistema de Esgotamento Sanitário de Curitibanos, e outros estão em etapa de finalização: Araquari (Região do Bairro Itinga), Criciúma (Bairros Próspera e São Luiz) e Indaial (Bairro Tapajós).

Na Capital está em fase avançada a ampliação para Ingleses-Santinho, e em etapa inicial a ampliação do SES Insular a do SES Saco Grande. A Casan também possui obras em andamento em Rio do Sul, Barra do Sul, Santo Amaro da Imperatriz e Ipira-Piratuba.

 

ODS – Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

• ODS #01 – Erradicação da Pobreza

• ODS #02 – Fome Zero e Agricultura Sustentável

• ODS #03 – Saúde e Bem-estar

• ODS #04 – Educação de Qualidade

• ODS #05 – Igualdade de Gênero

• ODS #06 – Água Potável e Saneamento

• ODS #07 – Energia Limpa e Acessível

• ODS #08 – Trabalho Decente e Crescimento Econômico

• ODS #09 – Indústria, Inovação e Infraestrutura

• ODS #10 – Redução das Desigualdades

• ODS #11 – Cidades e Comunidades Sustentáveis

• ODS #12 – Consumo e Produção Responsáveis

• ODS #13 – Ação contra a mudança global do clima

• ODS #15 – Vida Terrestre

• ODS #16 – Paz, Justiça e Instituições Eficazes

 

Fonte: Gov. SC

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul