Foto: Banco de Imagens FreePik

Em Concórdia, A Polícia Civil investiga o caso de um casal que tentou sequestrar uma bebê de 1 ano e 10 meses que estava em casa com a avó, onde passa o dia enquanto os pais trabalham. Eles se passaram por amigos da mãe da criança e disseram que iam levar a bebê para passear. Como a avó não os conhecia, não deixou eles levarem a criança e chamou a polícia. O caso aconteceu na manhã desta segunda.

A avó da criança é Arminda Drehmer, foi ela quem relatou o caso nas redes sociais. Na postagem Arminda conta que por volta das 8 horas o casal chamou no portão dizendo que iria pegá-la para passear.  A mulher contou que ficou surpresa e preocupada, e não deixou o casal entrar em casa. Ela disse que a neta estava dormindo, mas eles insistiram então Arminda falou que chamaria a polícia

“Aí falaram ‘vamos voltar ao meio-dia e pegar ela’. Meu filho foi falar com a polícia e falaram que não podem fazer nada, tô muito preocupada já passaram aqui duas vezes, por favor se alguém ver algum casal rondando sua casa onde tem criança tomem cuidado”, disse a avó na publicação.

Em entrevista ao Portal Visor Notícias, Arminda disse que a mulher falava português muito ruim e o homem só falava em inglês e sabiam o nome da neta, por isso a preocupação foi maior. Eles estavam bem vestidos e em uma caminhonete com vidros escuros onde não era possível identificar se havia mais pessoas no veículo.

Mais tarde Arminda publicou que havia policiais vigiando a rua, porém, até o momento ninguém foi encontrado. “E os outros dias, quem garante que eles não vão voltar? Agradeço de coração a polícia que tá dando maior força pra achar eles”.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul