O governador Carlos Moisés decretou luto oficial de três dias no Estado em sinal de pesar pela morte de Paulo Roberto Tesserolli França. O chefe do Executivo estadual se solidariza aos familiares e amigos e lamenta a perda do engenheiro civil que dedicou boa parte da vida à missão pública. Paulo França faleceu neste sábado, 2, em decorrência de um câncer.

“Paulo França deixa um legado de doação e trabalho para Santa Catarina. Sua trajetória será sempre um exemplo de dedicação em quase 50 anos dedicados à vida pública. Aos familiares e amigos o nosso abraço fraterno e o desejo de muita força neste momento de dor e tristeza”, expressa Carlos Moisés.

Paulo França iniciou sua carreira em 1975, junto ao Escritório Regional de Fiscalização do Departamento de Estradas e Rodagem de Santa Catarina (DER), onde atuou por quatro anos. Engenheiro Civil de formação, teve atuação destacada em funções públicas em Blumenau, com passagens na esfera estadual como secretário de Estado de Infraestrutura, presidente do Deinfra e, em 2014, assumiu cadeira na Assembleia Legislativa.

Ao longo de sua trajetória profissional alternou atuações em diversas funções públicas e na iniciativa privada. Recentemente, havia assumido a presidência do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) de Blumenau, função que deixou para tratamento de saúde.

Aos 70 anos, Paulo França deixa a esposa, Denise, as filhas Renata e Manuela e os netos Caio, Vicente, Bruno e Gustavo.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul